10 dicas para diminuir e secar a barriga

Especialistas mostram como ter o tão sonhado tanquinho
por Thieny Molthini10/09/2020

Quer um abdômen mais sequinho e não sabe por onde começar? Já tentou de tudo e ainda não conseguiu aquele tanquinho? Conversamos com um educador físico e uma nutricionista e separamos algumas dicas para secar a barriga de uma vez por todas.

É possível secar a barriga?

Para começar, é importante entender que o processo de emagrecimento não é localizado. Por isso, quando você treina ou passa por uma reeducação alimentar, a gordura eliminada parte de todo o seu corpo, inclusive da barriga. Mas há algumas táticas que podem ajudar a acelerar esse queima calórica.

5 dicas de treino para secar a barriga

Gerente do departamento técnico Smart Fit e professor de educação física, Luan Rodrigues passou algumas dicas para secar a barriga.

1. Priorize os exercícios multiarticulares

Por trabalharem mais de uma ariculação ao mesmo tempo, eles exigem mais energia para serem realizados, com isso há mais queima calórica.

Agachamento e flexão de braço são apenas alguns exemplos de exercícios multiarticulares.

2. Faça treinos intermitentes

Nesse dia você vai alternar musculação e exercícios cardiovasculares. Então, se o treino tiver dez exercícios, ele vai mesclar resistidos (com peso) e cardiovasculares. Por exemplo, você começa com três séries de agachamento na máquina, em seguida faz quatro minutos na esteira, então passa para o supino, quando acaba vai para a bicicleta e assim por diante.

3. Faça pausa ativa

“Pausas ativas são realizadas durante os intervalos de uma série e outra dos exercícios de musculação”, explica Luan.

Por exemplo, no intervalo entre uma série e outra de agachamento, você faz um exercício que aumente a sua frequência cardíaca, como polichinelo e corrida no lugar.

4. Aposte no HIIT

O treino intervalado de alta intensidade, que consiste em momentos de estímulo intenso alternados com intervalos rápidos de recuperação, é considerado um dos melhores exercícios para emagrecer, ou seja, uma ótima aposta para quem quer secar a barriga.

“Seu custo-beneficio é grande, porém, como exige que seja feito de forma intensa, pede atenção na hora de realizar os movimentos, para evitar lesões”, salienta o profissional.

5. Tenha uma sequência de treinos

Os resultados não aparecem da noite para o dia, então é essencial ter uma sequência de treinos para seguir e manter a frequência constante.

A frequência de treinos varia de acordo com cada pessoa e seus objetivos, mas Luan orienta, ao menos, três vezes na semana para começar a ter resultados.

Quer ler mais conteúdos como este?

Treino para levantar o bumbum
10 tipos de abdominais para intensificar os treinos
Quantas vezes treinar o memso músculo na semana

5 dicas nutricionais para secar a barriga

Aryane Emerick, nutricionista pós-graduada em nutrição clínica funcional, do Smart Nutri (aplicativo com consulta online e chat com especialistas), também separou 5 dicas para quem quer eliminar a gordurinha da barriga.

1. Evite dietas extremas

“Você até pode perder alguns quilos rapidamente, mas o ganho, depois, pode vir com tudo. Por isso, o mais indicado é buscar por um nutricionista, que vai preparar uma dieta de acordo com as suas necessidades nutricionais e os seus objetivos”, explica Aryane.

2. Preste atenção à sua refeição

Muitas vezes comemos rápido demais e isso faz com que nossa sensação de saciedade não venha de maneira adequada. Quando isso acontece, acabamos ingerindo mais comida do que realmente precisamos para nos sentir satisfeitos. E o que acontece com esse excesso de alimento que ingerimos? Ele pode ser armazenado como gordura.

Aproveite o momento da sua refeição. Evite mexer no celular ou mastigar rápido demais para voltar ao escritório, por exemplo. Coma com calma, sinta a textura dos alimentos e os seus sabores, enquanto aprecia o seu café da manhã, almoço, jantar ou aquele lanchinho da tarde.

3. Evite industrializados

“Quem nunca comprou uma barrinha que parecia bem natural e depois ficou sabendo que, na verdade, ela era cheia de açúcar?”, questiona a nutricionista. Por isso, cuidado com as pegadinhas, porque isso se repete com diversos produtos que aparecem como light e/ou diet. “Evite também biscoitos recheados, salgadinhos e refrigerantes que são ricos em gorduras, sódio, açúcares e aditivos químicos.”

Leia o rótulo do produto antes de comprar: os ingredientes de um produto estão descritos em ordem decrescente de quantidade, ou seja, o primeiro ingrediente é aquele que está em maior quantidade e assim por diante.

4. Gaste mais calorias do que consome

Para reduzir gordura corporal é preciso que aconteça um déficit calórico, ou seja, você precisa gastar mais energia do que consome, por isso, além de uma dieta balanceada (atenção às quantidades), é essencial a prática de exercício físico para potencializar essa redução de gordura.

5. Aposte nos termogênicos

“Apesar de não existir nenhum alimento milagroso, é importante ter em mente o conjunto da alimentação. Pensando nisso, podemos adicionar alguns alimentos com propriedades termogênicas em nossa rotina que podem auxiliar no metabolismo ajudando no processo de redução de gordura”, comenta a especialista.

Pimenta vermelha, chá verde, gengibre e a canela, são algumas boas opções que ainda deixam os alimentos mais saborosos.

Mas, atenção, nada de exageros, principalmente se você tem problemas cardíacos ou hipertensão.

Persista no seu objetivo

Com essas 10 dicas, aliando alimentação e a prática regular de exercícios físicos, conquistar uma barriga mais sequinha poderá até levar algum tempo, mas será possível.

No entanto, se ainda não sabe bem como acrescentar essas sugestões à sua rotina, converse com um nutricionista e um profissional de educação física, eles vão entender as suas necessidades e limitações e prescrever uma dieta e um treino sob medida para que conquiste os seus objetivos de maneira saudável.

No mais, lembre-se que cada pessoa é diferente, por isso a maneira como o corpo responde também será única. Então, tenha paciência, respeite o seu tempo e o seu corpo e não se cobre tanto. No fim, estamos todos em busca da nossa melhor versão.

+ HIIT para secar a barriga

+ treinos para secar a barriga