Como evitar o colesterol alto

Especialistas explicam o que é o colesterol, os seus perigos e como manter ele regulado
por Diego Mendes06/08/2020

Provavelvemente você já ouviu falar em gordura boa e gordura ruim. Se não ouviu, já deve ter realizado algum exame de sangue em que constava o seu teor de colesterol. Mas por que temos que estar atentos a esses números? Conversamos com especialistas e mostramos, a seguir, o que é, quais os seus riscos e como evitar o colesterol alto.

O que é colesterol?

O colesterol é um tipo de gordura presente no nosso organismo que auxilia na produção de energia, hormônios e ácidos importantes para a digestão dos alimentos. Por isso, ele é indispensável para o bom funcionamento de todas as funções do corpo.

Colesterol bom e ruim

Então, se o colesterol é importante para o funcionamento do organismo, por que eu preciso me preocupar com ele? Acontece que o nosso organismo produz dois tipos de colesterol, o HDC e o LDL, e um deles não é tão bom assim.

Enquanto o HDL colesterol– conhecido como “colesterol bom” – atua na eliminação da gordura do organismo, oLDL colesterol – ou “colesterol ruim” – se acumula nas artérias, podendo levar a formação de placas.

“Por essa razão, quanto maior o LDL-C, maiores as chances de problemas de saúde. Da mesma forma, se o nível de HDL estiver baixo, o risco de “entupimento” das artérias também aumentará”, explica Juliana Soares, cardiologista e médica do Hospital Israelita Albert Einstein.

Por que evitar o aumento do colesterol?

Quando em excesso, esse colesterol ruim pode deixar o sangue mais denso e fazer com que a gordura fique em alguns órgãos do corpo, principalmente nas artérias. “Com o passar do tempo, esse acúmulo pode produzir uma obstrução ou calcificação da artéria, comprometendo a sua capacidade de levar o sangue para diferentes tecidos”, explica o médico Mario Kedhi Carra, endocrinologista e presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO).

É nessa obstrução – ou calcificação – que mora o perigo: se esse acúmulo acontece nas artérias do coração, pode ocorrer infarto do miocárdio, se ocorre nas artérias cerebrais, acidente vascular cerebral (derrame).

“Portanto, o colesterol alto é um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares”, conclui Juliana.

1 morte a cada 90 segundos

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), as doenças cardiovasculares representam a principal causa de mortes no Brasil. São mais de 1.100 mortes por dia, isto é, cerca de 46 por hora.

O que causa o aumento do colesterol?

De acordo com o Ministério da Saúde, em adultos, geralmente o excesso de colesterol no sangue está associado à obesidade, alimentação inadequada e falta de exercícios físicos.

Além desses, existem ainda fatores genéticos. “A principal causa, além do excesso de peso, são as características familiares. Se você tem casos na sua família, as chance de ter o nível de colesterol alto são maiores”, explica Mario Kedhi.

Quer ler mais conteúdos como este?

Imunidade: 5 dicas para fortalecer o seu organismo
Exercícios para quem tem diabetes
Como perder barriga de uma vez por todas

Como sei se tenho colesterol alto? 

Normalmente, a elevação dos níveis do colesterol não provoca sintomas. Por isso, para um diagnóstico eficaz, é necessário um exame de sangue.

Como evitar o colesterol alto?

“De modo geral, as medidas de prevenção incluem atividade física, uma dieta balanceada e o controle de peso”, explica a Dra. Juliana.

Como evitar o colesterol alto com a atividade física

De acordo com os especialistas, a prática de atividade física aumenta a produção do colesterol bom, o que, por sua vez, ajuda a reduzir o colesterol ruim. Por isso, mantenha os treinos em dia.

Não sabe por onde começar? Vá aos poucos. Use menos o carro e caminhe algumas quadras até o trabalho ou para ir à padaria. Em casa, suba as escadas. Faça pausas ao longo do dia e caminhe por alguns minutos.

Como evitar o colesterol alto com a alimentação

Evite o consumo de alimentos industrializados (como biscoitos recheados e refrigerantes), embutidos (linguiça, presunto, salsicha e nuggets, por exemplo) e ricos em açúcar. “Quando consumimos esses produtos em excesso, favorecemos o aumento dos níveis do LDL [colesterol ruim], auxiliando na elevação do colesterol no sangue”, indica Williana Veras, nutricionista do Smart Nutri (aplicativo com consulta online e chat com especialistas). 

Frituras e comidas gordurosas também devem ser excessões no seu dia a dia. “Quando você ingere muita gordura, pode dificultar a manutenção do colesterol e fazer com que o fígado tenha dificuldade em sintentizar a gordura”, explica o endocrinologista Mario Kedhi.

Ter uma dieta rica em fibras também ajuda no controle do colesterol. Além de manter o bom funcionando do organismo, ela retarda a absorção dessa gordura.

Meu colesterol está alto, e agora?

Essas são algumas orientações para evitar o colesterol alto. Quando há o diagnóstico, no entanto, por mais que elas possam ajudar, em alguns casos, não são suficientes, então é necessário o uso de algum medicamento. Por isso, é essencial consultar um médico para que ele atue pensando na sua situação da melhor maneira possível. Sabe de casos na sua família? Não tem feito os exames de rotina? Marque uma consulta para que um especialista faça a sua avaliação.

+ Comece a treinar em casa

Atividade física e uma boa alimentação podem melhorar a sua saúde, evitando o colesterol. Então, que tal começar a mudar os seus hábitos agora? Abaixo, sugerimos um treino para iniciantes, sem equipamentos, para fazer em casa (ou em qualquer lugar). E tem mais, ele é curto, então fica fácil de encaixar no seu dia. Vamos lá?!

No canal da Smart Fit no Youtube você encontra mais treinos para dar um gás no seu dia a dia. VAle a pena conferir!