Como fazer pinhão e aproveitar os seus benefícios

Além de ser uma delícia, a semente é cheia de boas propriedades nutricionais
por Maria Cecília Arra03/06/2020

Pinhão cozido ou como ingrediente de uma receita mais elaborada? Não importa: você pode – e deve – incluir a semente da araucária na sua alimentação. Isso porque, além de versátil e saboroso, o pinhão tem uma reputação nutricional invejável, graças a uma extensa lista de benefícios. “Mantendo o equilíbrio, não há contraindicações para consumir pinhão”, comenta a nutricionista Paula Planas, do Smart Nutri (o aplicativo de nutrição da Smart Fit).

Benefícios pinhão

Paula elencou motivos e receitas para você aproveitar o que o pinhão tem de melhor e se deliciar nesse friozinho.

1. O pinhão auxilia na prevenção do envelhecimento precoce

Excesso de exposição ao sol, cigarro, pouca ingestão de água, má alimentação e sono irregular contribuem no processo de envelhecimento da pele. O que fazer? Em primeiro lugar, considere algumas mudanças de hábitos. Então, uma boa dica é apostar em alimentos que são fontes de substâncias antioxidantes, como o pinhão. “Os antioxidantes eliminam os radicais livres (moléculas que podem prejudicar células sadias do nosso corpo), prevenindo o envelhecimento precoce”, explica Paula Planas.

2. O pinhão é rico em ferro

O ferro é importante para a saúde porque, além de prevenir a anemia, funciona como combustível para que a hemoglobina (célula do sangue) transporte o oxigênio para todo o corpo. A boa notícia é que o pinhão é cheio desse mineral.

3. Ele ajuda na redução do colesterol

Além disso, por ser rico em ácidos graxos essenciais (gorduras boas), que diminuem o teor de LDL (colesterol ruim) e aumentam o HDL (colesterol bom), o pinhão ajuda na manutenção dos níveis de colesterol no organismo. Em resumo, quando não estão equilibrados, colesterol e triglicerídeos são considerados fatores de risco para doenças cardiovasculares.

4. Faz bem para os olhos

A semente possui luteína, um carotenoide (um pigmento orgânico) responsável pela saúde dos olhos. Nesse sentido, comer pinhão pode ajudar a evitar doenças na visão, como a degeneração macular, uma enfermidade que compromete a visão e costuma afetar pessoas com mais de 55 anos.

5. Também é rico em vitaminas do complexo B e vitamina C

Como se não bastassem esses fatores, o pinhão ainda tem uma série de vitaminas em sua composição. Vitaminas do complexo B são associadas ao funcionamento do sistema nervoso. Já a vitamina C é essencial para a renovação de todas as células do seu corpo, atuando na prevenção e no combate de uma série de doenças.

6. É fonte de fibras

Por fim, a semente é repleta de fibras. Segundo uma pesquisa publicada no periódico internacional The Lancet, em um levantamento encomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2019, comer mais fibras ajuda a reduzir o risco de doenças cardíacas, além de diabetes tipo 2 e câncer de intestino.

Quer mais conteúdos como este?

Receitas para uma festa junina leve e deliciosa
Como driblar a vontade de doce
Você sabe diferenciar o tipo de fome que sente?

Quanto consumir?

Uma porção de 100 gramas (1 xícara) de pinhão cozido, por exemplo, tem 174 calorias. A fim de garantir todos os seus benefícios, Paula Planas sugere uma porção de 7 a 10 pinhões cozidos. No caso das receitas de farofa e salada morna, o ideal é colocar no prato uma colher de servir. Já para a sopa, um prato fundo é o suficiente.

Receitas com pinhão

Pinhão cozido na panela de pressão

Ingredientes:
Pinhão (a quantidade que desejar)
Sal a gosto

Modo de preparo:
Escolha os pinhões que têm a casca mais brilhante, com vários tons de marrom e sem furos, e lave bem em água corrente. Coloque todas as sementes em uma panela de pressão e cubra com água. Leve ao fogo e, quando pegar pressão, conte 30 minutos. Então, desligue o fogo e libere a pressão da panela. Acrescente sal e deixe ferver por mais 5 minutos. Espere esfriar e, então, retire a água.

Dica: para saber se estão bem cozidos, observe a sua casca. Ela costuma rachar e ficar macia quando o pinhão está no ponto certo.

Sopa creme de pinhão

Ingredientes:
2 xícaras de chá de pinhão cozido e descascado
1 batata grande cortada em cubos
1 cenoura grande cortada em cubos
1 tomate cortado em cubos
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de azeite
1 folha de louro
300g de carne bovina cortada em cubos (escolha a carne de sua preferência)
Salsinha a gosto
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Separe uma xícara de pinhão cozido e bata no liquidificador com uma xícara de água morna até formar um creme. Reserve. Depois, em uma panela, aqueça o azeite, refogue a cebola e o alho, coloque os pedaços de carne e cozinhe até começar a dourar. Em seguida, coloque o tomate, a batata e a cenoura e mexa bem. Adicione o creme batido de pinhão e misture. Tempere com sal e pimenta, adicione a folha de louro, cubra com água e deixe cozinhar por aproximadamente 20 minutos – ou até os legumes ficarem macios. Corte o restante do pinhão cozido (aquele que não foi ao liquidificador) em fatias finas e refogue com um fio de azeite até ficarem tostados, coloque a salsinha e mexa bem. Por fim, adicione essa mistura à sopa e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Bom apetite!

Farofa de pinhão

Ingredientes:
2 xícaras de chá de pinhão cozido e descascado
½ xícara de chá de cenoura ralada
½ xícara de chá de cebola picada
1 dente de alho ralado
2 xícaras de chá de farinha de mandioca
4 colheres de sopa de salsinha picada
2 colheres de sopa de manteiga
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Antes de mais nada, corte os pinhões em fatias e reserve. Em uma panela ou frigideira grande aqueça a manteiga e refogue a cebola e o alho até ficarem dourados. Então, coloque os pinhões fatiados e mexa bem. Em seguida, adicione a farinha e misture até ela começar a ficar tostada. Por fim, coloque a cenoura ralada, a salsinha e tempere como preferir. A sugestão é usar essa farofa para acompanhar carnes, recheio de peixes ou, até mesmo, um bom refogado de legumes.

Salada morna com pinhão

Ingredientes:
1 xícara de chá de pinhão cozido e descascado
1 abobrinha cortada em tiras
1 xícara de chá de tomate-cereja ou tomate picado
1 cebola roxa em rodelas
1 maço de rúcula ou folhas de sua preferência
2 colheres de sopa de azeite
Suco de um limão ou vinagre de sua preferência
Folhas de manjericão ou salsinha
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Lave bem as folhas de rúcula e deixe escorrer. Coloque as abobrinhas em uma frigideira grande com um pouquinho de azeite e deixe grelhar dos dois lados. Reserve. Acrescente mais um pouco de azeite na frigideira e refogue as cebolas. No momento em que começarem a murchar, coloque os tomates, mexa rapidamente e reserve. Em uma tigela grande ajeite as folhas de rúcula, coloque as abobrinhas, a cebola e os tomates e tempere com limão – ou vinagre -, sal e pimenta. Acrescente as folhas de manjericão ou salsinha. Logo depois, misture bem para as folhas absorverem todo o sabor dos legumes grelhados. Por fim, despeje o pinhão, misture e aproveite!

Quer ter acesso a nutricionistas sem sair de casa? Acesse o Smart Nutri e conheça todos os benefícios do programa de acompanhamento nutricional da Smart Fit.